sexta-feira, 23 de junho de 2017


FFO: Beartooth, Sworn In, My Ticket Home.

A banda americana de post-hardcore The White Noise lançou na última sexta-feira (23) através da Fearless Records o seu álbum de estreia intitulado ''AM/PM''. O álbum, que contém 10 faixas, incluindo ''Picture Day'' (que faz parte do EP Aren't You Glad?) que ganhou uma versão remasterizada,  foi produzido, mixado e masterizado por Drew Fulk (Motionless In White, Emmure, Crown The Empire) e também conta com a participação do vocalista Landon Tewers (The Plot In You) na faixa ''Rated R...''. 

A banda foi formada em 2009 e inicialmente se chamava Set The Sun. Neste período a banda lançou 2 EP's: Set The Sun (lançado em maio de 2011) e Desolate (lançado em setembro de 2011). Em 2013 a banda mudou o nome para The White Noise.



Com uma sonoridade diferente da Set The Sun e com o nome de The White Noise, a banda assinou com a Fearless Records no ano de 2015, e no mesmo ano lançou 2 singles: Bloom e Red Eye Lids. Em fevereiro de 2016 foi lançado o seu primeiro EP intitulado ''Aren't You Glad?''.



Destaque para as faixas Bite Marks, Rated R..., The Best Songs Are Dead, 24 Hour Revenge Therapy e Sunspots. Ouça o álbum ''AM/PM'' abaixo:


1. Innocent Until Birth
2. Bite Marks
3. Picture Day
4. The Best Songs Are Dead
5. I Lost My Mind (In California)
6. Rated R…(feat. Landon Tewers of The Plot In You)
7. All Drugs Go To Heaven
8. Montreal
9. 24 Hour Revenge Therapy
10. Sunspots



Ouça no Spotify: https://open.spotify.com/album/4MOPF62DnZrWNODnbc4G2X

quarta-feira, 21 de junho de 2017


Turnover lançou na última quarta-feira (21) um single inédito intitulado ''Super Natural''. Este single faz parte de seu terceiro álbum de estúdio intitulado ''Good Nature'', que será lançado no dia 25 de agosto através da Run For Cover Records, e aqui no Brasil o álbum será lançado através da Hearts Bleed Blue

"Este disco é sobre aprender. Abrir os olhos para coisas novas, sair da sua zona de conforto e aprender a crescer em algo novo". - conta o vocalista Austin Getz sobre o novo álbum. 

O álbum, que contém 11 faixas, foi produzido por Will Yip (Circa Survive, Title Fight, Balance & Composure, Citizen, Tigers Jaw). Will já trabalhou com a banda nos álbuns Magnolia (lançado em abril de 2013), Peripheral Vision (lançado em maio de 2015) e no EP Blue Dream (lançado em agosto de 2014). 

Recentemente, a banda anunciou a sua primeira tour aqui no Brasil. Esta tour, que está sendo organizada pela Tree Productions, passará por 3 cidades e acontecerá no mês de dezembro: 07/12 no Rio de Janeiro/RJ (Teatro Odisseia), 09/12 em São Paulo/SP (Clash Club) e 10/12 em Curitiba/PR (John Bull Pub). A abertura fica por conta da banda mineira Kill Moves




Mais informações sobre ingressos: https://www.facebook.com/events/101093810468546/

Garanta a sua cópia do álbum ''Good Nature'' na pré-venda: http://www.hbbstore.com/tag?tag=Turnover 

Ouça o novo single e confira a tracklist do álbum: 


1. Super Natural 
2. Sunshine Type 
3. What Got in the Way 
4. Butter y Dream 
5. Curiosity 
6. Pure Devotion 
7. Nightlight Girl 
8. Breeze 
9. All That It Ever Was 
10. Living Small 
11. Bonnie (Rhythm & Melody)


segunda-feira, 19 de junho de 2017


A banda britânica de pop punk Trash Boat lançou na última segunda-feira (19) um clipe para a música ''Tring Quarry''. A música faz parte de seu primeiro álbum de estúdio intitulado ''Nothing I Write You Can Change What You've Been Through'', lançado em junho de 2016 através da Hopeless Records

Assista o clipe abaixo: 


sexta-feira, 16 de junho de 2017


Hundredth lançou na última sexta-feira (16) através da Hopeless Records o seu quarto álbum de estúdio intitulado ''Rare'', que marca uma nova fase para a banda. Se nos álbuns anteriores a banda fazia um som voltado ao hardcore melódico, atualmente apresenta uma nova sonoridade, lembrando bandas como Balance & Composure, Citizen, Turnover e Title Fight.

O vocalista Chadwick Johnson cita The Cure, The Smiths, Joy Division e New Order como principais influências na composição do álbum ''Rare''. O álbum, que contém 12 faixas, foi produzido, mixado e masterizado por Sam Pura (The Story So Far, Forever Came Calling, Basement, State Champs). Sam também trabalhou com a banda no álbum ''Free'', lançado em junho de 2015. 

Destaque para as faixas Vertigo, Neurotic, Suffer, Disarray, Down e Grey. Ouça o álbum abaixo: 

1. Vertigo
2. Neurotic
3. White Squall
4. Hole
5. Suffer
6. Disarray
7. Down
8. Grey
9. Shy Vein
10. Chandelier
11. Youth
12. Departure



Ouça no Spotify: https://open.spotify.com/album/6HZ8ACXr1OOiAmkq7mNn4h

quinta-feira, 15 de junho de 2017


A banda australiana de deathcore Thy Art Is Murder lançou na última quinta-feira (15) um novo single intitulado ''Slaves Beyond Death'' e divulgou a tracklist de seu quarto álbum de estúdio intitulado ''Dear Desolation'', previsto pra ser lançado no dia 18 de agosto através da Nuclear Blast

O álbum foi produzido, mixado e masterizado por Will Putney (Like Moths To Flames, The Amity Affliction, Northlane, Fit For a King). Putney (que também é guitarrista da banda americana de deathcore Fit For An Autopsy) já trabalhou com a banda nos álbuns ''Hate'' (lançado em outubro de 2012) e ''Holy War'' (lançado em junho de 2015). 

O novo álbum também marca o retorno do vocalista Chris ''CJ'' McMahon. Em dezembro de 2015, CJ decidou deixar a banda para se dedicar a sua família. 

Confira a tracklist do álbum e ouça o novo single abaixo: 


1. Slaves Beyond Death
2. The Son Of Misery
3. Puppet Master
4. Dear Desolation
5. Death Dealer
6. Man Is The Enemy
7. The Skin Of The Serpent
8. Fire In The Sky
9. Into Chaos We Climb
10. The Final Curtain



A banda Saviorself, metalcore de São José dos Campos/SP, lançou na última terça-feira (13) o seu primeiro EP intitulado ''Full Circle''. O EP, que contém 4 faixas, foi produzido, mixado e masterizado por Júlio Barata e Rafael Palmisciano no Napalm Estúdio. A arte do EP e o vídeo foram produzidos por André Felipe Guerra, da Parabellum Design & Illustration

A banda, que foi formada em 2014, atualmente é composta por Leonardo Jefferson (vocal), Thomas Godoi (guitarra), Matheus Silvério (guitarra), Wendel Oliveira (baixo e vocal) e Wanderson Rodrigues (bateria). Além do EP ''Full Circle'', a banda possui um single intitulado ''Time For Answers'', lançado em abril de 2016. 



Confira a nossa entrevista com a banda: 

Como foi o processo de composição e gravação do EP? 

Matheus: Foi um processo bem demorado, na realidade. Investimos bastante tempo na criação das músicas para que pudéssemos ter um resultado que nos agradasse em todos os sentidos e o resultado foi extremamente positivo. Sendo bem sincero, algumas músicas já tinham sido compostas fazia mais de um ano, mas durante todo esse tempo da gente preparar o EP todas elas foram revisadas, ou a gente quis incrementar algo, mudar um detalhe ou outro. Então tem uma característica de cada membro em cada uma das músicas, isso é algo que a gente achou muito importante. 

Quais são as principais influências de vocês, musicalmente e liricamente? 

Matheus: Difícil responder. Tentamos criar um som que não lembrasse muito nenhuma banda, então as influências não estão tão claras no som da banda. Todos possuem gostos extremamente diferentes, desde pop até rap. Um exemplo de uma das poucas bandas que nós todos gostamos é The Amity Affliction. 



E o que inspirou o nome da banda? 

Matheus: O nome tinha surgido de uma ideia de ''seja seu próprio salvador'' (por isso o ''Savior'' e o ''Self'' juntos), mas num conceito motivacional, sabe? 

Quais temas vocês procuraram abordar nas músicas?

Matheus: Decidimos não nos apegarmos à nenhum gênero, então por isso temos músicas tão diferentes uma das outras em um EP com 4 músicas. Nós gostamos muito de misturar vocais clean com berros em riffs e refrões, um pouco de solos de guitarra e o peso também não falta. Basicamente, usamos as técnicas que achamos mais convenientes na hora de criar as músicas. 

Em relação ao conteúdo das letras, ele é bem baseado em coisas nossas que a gente escreve sobre. Seja algum acontecimento que presenciamos, algum tipo de sentimento que a gente decide transcrever em letra, e boa parte das vezes também como momentos ruins que passamos e conseguimos superar. Por isso que em boa parte das letras do EP a gente se refere a não desistir do que acreditamos e queremos pra nossa vida. 

E qual a opinião de vocês sobre a cena underground atualmente? Tem algo que precisa melhorar? 

Matheus: Ainda não temos tempo de estrada para falarmos sobre a cena como um todo, porém não é surpresa dizer que ela atualmente não é tão grande como já foi, mas acredito que o metalcore e o post-hardcore irão voltar com mais força uma hora ou outra. O Full Circle agradou o público de uma forma bem positiva, então não temos o que reclamar. A gente vê muitas bandas no mesmo corre que o nosso que tem um potencial imenso, então isso é bem motivacional também. 

E quais são os planos da banda daqui pra frente?

Matheus: Pretendemos fazer muitos shows pelo Brasil, conhecer cada canto do país. E em um futuro mais distante, quem sabe uns shows lá fora? Tivemos um ótimo feedback de fora. Além disso, a nossa vontade de continuar compondo só cresce, temos várias ideias pra mais músicas novas e mal vemos a hora de poder mostrar isso pra galera. 

Vocês tem algum conselho para bandas que estão começando agora?

Matheus: Não se apegue à nenhuma banda, estilo ou qualquer outro padrão. Pense em fazer algo único, que ninguém pensou antes. E também não deixe se desanimar, toda banda possui altos e baixos, a chave mesmo é correr atrás do que você quer, e uma coisa importantíssima é saber aceitar as críticas construtivas, ter uma interação boa com quem diz gostar da sua música.

Obrigado por nos conceder essa entrevista, deixem uma mensagem para os leitores da MCore:

Matheus: Nós é que agradecemos pela oportunidade MCore, foi um prazer. Além disso, um salve pro Felipe Balbino da MCore que nos apoiou muito desde o começo. Espero que vocês curtam o EP, fiquem ligados na page da Saviorself porque já estamos planejando mais músicas por aí, além de não perderem  as datas pros shows que iremos fazer. Valeu!